EnglishEspañolPortuguês

Ancorfix – solução em ancoragem ortodôntica

O tratamento ortodôntico tradicional é, costumeiramente, longo. O tempo de duração varia de acordo com o grau de ancoragem disponível, o que reduz a possibilidade de certos tipos e extensões de movimentos dentários. Uma solução que apareceu ao decorrer dos anos foi os mini-implantes. Eles melhoraram a questão da ancoragem, mas, com o passar do tempo, verificou-se que eles apresentam limites em suportar cargas muito pesadas. Alguns casos mais complexos requerem movimentos extensos, sendo necessário uma reanatomização da maxila e da mandíbula. Ou seja, os mini-implantes não resolviam todos os casos, significando a persistência do problema de ancoragem.

Atualmente, não é novidade o uso de miniplacas para realizar movimentos ortodônticos complexos, com o uso delas é possível evitar extrações de dentes, diminuir o tempo de tratamento, evitar possíveis procedimentos ortognáticos e executar um procedimento pouco invasivo. A ancoragem proporcionada pelas miniplacas permite uma força que pode ser transmitida a regiões mais distantes, otimizando, assim, os resultados ortodônticos, gerando bons resultados estéticos e funcionais para o paciente. De acordo com o estudo Miniplacas e mini-implantes: a remodelação óssea representa a sua fundamentação biológica, as miniplacas podem fornecer uma remodelagem mais ampla da maxila e da mandíbula do que a obtida com os braquetes e mini-implantes.

Para que os resultados mencionados sejam atingidos, é importante que o profissional tenha domínio da técnica para realizar o procedimento, focando na etapa do diagnóstico e, logo em seguida, no tratamento. Pensando nisso, existem maneiras de trazer mais segurança e facilidade para o profissional já qualificado, o que significa melhores resultados para o paciente. 

A CPMH sempre está buscando inovações tecnológicas na área da saúde, aumentando a eficiência dos procedimentos e promovendo a qualidade de vida. Para que isso possa ser verdade, a manutenção de uma cadeia de produção qualificada e segura é muito importante. Com isso em mente, Ancorfix é um dos resultados da junção de todos esses fatores, pois é uma ferramenta inovadora que permite que o profissional tome decisões seguras que promovem a qualidade de vida, ou seja, decisões que trazem bons resultados em menor tempo. 

Afinal, o que é Ancorfix

Fotos: Dr. Ertty Silva

Em resumo, é uma miniplaca desenvolvida com um design específico, voltado especialmente para fins ortodônticos. Vamos deixar mais claro:  As miniplacas permitem uma maior oportunidade de ancoragem e novas soluções mecânicas ortodônticas, pois elas possibilitam maior intensidade e maior distribuição de força. É importante dizer que elas não são indicadas e nem resolvem todos os casos, e sim que são uma possibilidade de tratamento. O ortodontista precisa ter em mente os resultados desejados e, dessa forma, optar pela ferramenta mais adequada. Em outras palavras, o processo de diagnóstico é extremamente importante, pois é nessa etapa que o profissional irá verificar se o uso das miniplacas é indicado e, se for, onde a ancoragem deve ser feita. Os exames de imagem, como a tomografia, vão ajudar na decisão de qual ferramenta é a melhor opção para o tratamento e, se for o caso de usar as miniplacas, qual será o local de ancoragem. Além disso, o ortodontista deve discutir o caso com a equipe multiprofissional, pois uma análise profunda do paciente é o caminho para fazer bom uso de qualquer ferramenta ou tratamento. Fazendo uma analogia, podemos dizer que o diagnóstico irá mostrar o X no mapa do tesouro, cabendo ao ortodontista decidir qual é a melhor forma de encontrar o tesouro. As miniplacas são ferramentas que possibilitam tratamentos rápidos e eficientes, mas devem ser usadas só quando são indicadas.

O Ancorfix é um novo design em miniplacas, ou seja: foram desenvolvidas para fins diretamente ortodônticos, facilitando o trabalho do ortodontista. Os novos designs permitem mais pontos de aplicação por miniplaca, possibilitando que a distribuição de força seja otimizada e, por conta disso, espera-se um resultado mais rápido, não pela força aplicada, mas pela consistência e o tempo em que a força foi aplicada. 

A tecnologia aplicada no Ancorfix é de ponta, proporcionando o máximo de conforto e menores riscos de feridas e infecções. Ademais, são fabricadas em titânio F67 grau 2, que é um material biocompatível, e são produzidas em diferentes geometrias e tamanhos, trazendo flexibilidade, segurança e conforto. O Ancorfix apresenta o sistema exclusivo Trava Fio e passa por um processo de coloração por oxidação anódica, melhorando a identificação e, consequentemente, aumentando a segurança para o paciente. 

Interessante, né? No nosso canal do youtube temos dois Webinários ministrados por profissionais extremamente qualificados. Nas aulas eles detalham mais sobre como o Ancorfix pode ser usado no dia a dia do ortodontista. Além disso, você pode saber mais sobre as miniplacas Ancorfix clicando aqui. Siga-nos também no instagram, dessa forma, a nossa comunicação será mais direta, permitindo que você tire suas dúvidas e tenha acesso às novidades da CPMH.

REFERÊNCIAS

CONSOLARO, A. Miniplacas e mini-implantes: a remodelação óssea representa a sua fundamentação biológica. Dental Press Journal of Orthodontics, Maringá, v. 20, n. 6, p. 16-31, 2015. 

WEBNÁRIO – Ancorfix com Dr. Alexandre Diógenes, 2020. 1 vídeo (57 minutos e 32 segundos). Publicado pelo canal CPMH Digital. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=_dNWiqkt9aI&

WEBINÁRIO – inovações em Ancoragem Ortodôntica, 2018. 1 vídeo (1 hora 36 minutos e 59 segundos). Publicado pelo canal CPMH Digital. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=TZj2-t7F7ZI&

    Write a comment
    Open chat
    1
    Olá!
    Como podemos te ajudar?